Turismo Grátis em Berlim

Nós sabemos que as pessoas costumam pensar que fazer turismo pode ser algo muito caro, mas no nosso novo vídeo mostramos opções econômicas em Berlim:

Brandenburger TorPortão de Brandeburgo:

Para chegar aqui, basta descer na estação S+U Brandenburger Tor. Recomendamos utilizar a saída oeste da estação, para observar a magneficência do Portão.

O Portão de Brandemburgo (em alemão: Brandenburger Tor) costumava ser uma portão da cidade, reconstruído no final do século 18 como um arco triunfal neoclássico, e agora um dos marcos mais conhecidos da Alemanha.

Ao longo de sua existência, o Portão de Brandemburgo foi muitas vezes um local para grandes eventos históricos (como a chegada da seleção alemã em 2014) e é hoje considerado um símbolo da tumultuada história da Europa e da Alemanha, mas também da unidade e da paz na Europa.

Ele está localizado na parte ocidental do centro da cidade de Berlim, na junção da avenida Unter den Linden e Ebertstraße, imediatamente a oeste da Pariser Platz. Uma quadra para o norte fica o prédio do Reichstag. O portão é a entrada monumental para a avenida Unter den Linden, a famosa avenida aroborizada, que anteriormente levou diretamente para o palácio da cidade dos reis prussianos.

O Portão foi encomendado pelo rei Frederico Guilherme II da Prússia como um sinal de paz e construída por Carl Gotthard Langhans. A contrução levou três anos,  de 1788 a 1791. Depois de ter sofrido danos consideráveis ​​na Segunda Guerra Mundial, o Portão de Brandemburgo foi totalmente restaurado de 2000 a 2002 pela Stiftung Denkmalschutz Berlim (Berlin Fundação de Conservação Monumentos). Durante a partição do pós-guerra da Alemanha, o portão foi isolado e inacessível imediatamente ao lado do Muro de Berlim.

 

TiergartenTiergarten:

O Großer Tiergarten, conhecido simplesmente como Tiergarten, é um parque público localizado no centro de Berlim. O parque tem  210 hectares; e entre os jardins urbanos da Alemanha, apenas o Englischer Garten, em Munique (com 417 hectares) é maior.

O Siegessäule ou Obelisco da Vitória ou Coluna da Vitória foi concluído em 1873 para comemorar as vitórias militares da Prússia sobre a Áustria, Dinamarca e França entre 1864 e 1871. O Siegessäule tem 66,89 metros,uma escadaria de 285 degraus leva ao topo da coluna, onde há uma plataforma de observação a 45 metros acima do nível térreo. Em seu interior há um museu com miniaturas de vários monumentos de outro países. Importante: para entrar no Obelísco é necessário pagar 3€.

Nas paredes do monumento é possível visualizar vários buracos causados por projéteis disparados durante a Segunda Gerra Mundial.

Se quiser saber mais sobre o Tiergarten, assista nosso vídeo sobre ele. (https://www.youtube.com/watch?v=y4o0OXWRmck)

 

Reichstagsgebäude Reichstag

O edifício do Reichstag (em alemão: Reichstagsgebäude) é um edifício histórico em Berlim,construído para abrigar a Dieta Imperial (em alemão: Reichstag), do Império Alemão. (Em política, a Dieta, aproxima-se do que era uma Corte, é uma assembleia deliberativa oficial de alguns Estados. Seu uso corrente é mais histórico, embora algumas instituições parlamentares modernas ainda recebam este nome.)

A sua arquitetura é impressionante, consequência da mistura acertada da fachada neoclássica com o ar futurista da cúpula de vidro criada pelo renomado arquiteto Norman Foster. O imenso gramado à frente completa o lindo cenário.

Foi inaugurado em 1894 e abrigou a dieta até 1933, quando foi severamente danificado em um incêndio. Após a Segunda Guerra Mundial, o edifício caiu em desuso; o Parlamento da República Democrática Alemã (a Volkskammer) reuniu-se no Palast der Republik, em Berlim Oriental, enquanto o Parlamento da República Federal da Alemanha (Bundestag) reuniu-se no Bundeshaus em Bonn.

O edifício em ruínas foi parcialmente renovado em 1960, mas nenhuma tentativa de restauração completa foi tomada até a reunificação da Alemanha em 3 de Outubro de 1990, quando passou por uma reconstrução liderada pelo arquiteto Norman Foster. Após a sua conclusão, em 1999, ele voltou a ser o ponto de encontro do parlamento alemão.

Você pode visitar o terraço e a cúpula do Reichstag, que oferecem vistas espectaculares. No terraço você pode obter um guia de áudio para a cúpula do edifício Reichstag. A cúpula e o telhado do edifício do “Reichstag” podem ser visitados apenas por visitantes inscritos. É necessário um prazo de 2 dias. O formulário de registro pode ser encontrado no site https://visite.bundestag.de/BAPWeb/pages/createBookingRequest.jsf?lang=en.Horário de funcionamento:

Diário 8,00-24,00 horas (última entrada: 22.00 hrs) Admissão a cada 15 minutos.

Os visitantes que decidirem de última hora também podem visitar a cúpula. No novo departamento de serviço de visitantes no lado sul da rua Scheidemannstraße, é possível fazer diretamente a inscrição para visitar a cúpula. Se existirem lugares vagos, as inscrições serão aceitas com até duas horas de antecedência. Lá, você pode se inscrever para os próximos dois dias. O novo departamento de serviço é aberto diariamente, das 8h00 às 20h00. Mas fique atento para as datas em que não é possível visitar o terraço e a cúpula. (Dizemos que está na descrição do vídeo)

O terraço e a cúpula são fechados durante todo o dia, em 24 de dezembro e de 16,00 hrs em diante, em 31 de dezembro.

Além disso, a cúpula está fechada aos visitantes 4-8 de março de 8-12 de julho de 22-26 julho e de 14 a 18 de outubro a permitir a limpeza e manutenção a ser realizada. O terraço ainda pode ser visitado quando a cúpula está fechada.

 

Memorial_to_the_murdered_Jews_of_EuropeMemorial aos Judeus Mortos da Europa

Também conhecido por Memorial do Holocausto, o Memorial aos Judeus Mortos da Europa (Alemão: Denkmal für die ermordeten Juden Europas), é um memorial em Berlim para vítimas judias do Holocausto, projetado pelo arquiteto Peter Eisenmanand. Ele consiste em 19.000 m2 (4,7 hectares) de um local coberto com 2.711 placas de concreto, dispostos em um padrão de grade em um campo inclinado. As placas tem 2,38 m de comprimento, 0,95 m de largura e variam em altura 0,2-4,8 m.

Não existe uma explicação absoluta sobre o que tudo isso significa, acredita-se que os blocos foram projetados para produzir um ambiente inquieto, com uma atmosfera confusa, simulando o sentimento das vítimas do holocausto. No entanto, os observadores notaram no memorial uma forte semelhança com um cemitério.

No subsolo existe ainda um pequeno museu que possui os nomes de todas as vítimas conhecidas do Holocausto judeu, além de histórias, depoimentos e vídeos de todos os mortos e familiares sobreviventes do holocausto. A entrada também é franca. Vamos lá dar uma olhada.

A construção começou em abril de 2003 e foi inaugurada em maio de 2005, 60 anos após o fim da II Guerra Mundial. O custo de construção foi de aproximadamente € 25 milhões.

Para mais Alemanizando:
YouTube: https://www.youtube.com/alemanizando
Facebook: https://www.facebook.com/alemanizando
Tumblr: http://comicberlin.tumblr.com/
Twitter: https://twitter.com/c_alemanizando

Compartilhe!

Comente!