Coronavírus na Alemanha e porque você não deveria levar a pandemia na brincadeira

A gente não ia falar de Coronavirus, porque não somos profissionais da saúde ou cientistas e até então não víamos motivo para tocar no assunto, já que não teríamos necessariamente algo a agregar.

Agora que a situação mudou muito rapidamente e drasticamente em vários aspectos aqui na Alemanha e o vírus vai chegando com tudo no Brasil percebemos que é a hora de compartilhar com vocês o que vem acontecendo por aqui. Esse vídeo é uma forma de alerta para aqueles que ainda não entenderam a gravidade do momento em que vivemos.

Se fossemos falar de Coronavirus uma semana ou 10 dias atrás, nós mesmos teríamos outro discurso, pois não havíamos entendido bem o motivo para preocupação. Afinal, somos jovens e saudáveis e, portanto, não estamos na faixa de risco de morte por conta do vírus.

Infelizmente esse nosso pensamento além de egoísta, é também desinformado em vários aspectos. Agora, para que você não precise passar a mesma vergonha que a gente, já começamos aqui com informações para você entender rapidamente o tamanho do problema.

A Alemanha tem atualmente pouco mais de 80  milhões de habitantes e o governo acredita que pelo menos média de 70% dessas pessoas podem ser infectadas pelo COVID19. Usando cálculos simples descobrimos que 70% da população alemã são 56 milhões de pessoas. Se utilizarmos como base as estatísticas italianas com relação à epidemia por lá, podemos prever que 5% dos infectados ficarão em estado grave e necessitarão de tratamento intensivo em leitos de UTI com respiradores mecânicos.

Seguindo essas tendências, a Alemanha pode ter um total de 2,8 milhões de pessoas necessitando tratamento intensivo em UTI. E é aí que vem o tamanho do problemão que temos em mãos no momento: a Alemanha dispõe de apenas 28 mil leitos de UTI equipados com respiradores. Ou seja, temos capacidade para atender apenas 1% dos potenciais infectados.

Para você aí no Brasil que ainda não está levando a sério o problema, repetindo o mesmo cálculo para a população brasileira, temos um potencial de 7,3 milhões de pessoas precisando de UTI, enquanto atualmente o Brasil dispõe de apenas 40 mil leitos desse tipo. Ou seja, no momento o Brasil tem capacidade para atender menos de 1% dos potenciais infectados.

E esse é o tamanho do problema.

Continuar lendo
Compartilhe!